Maneiras de medicar seu pássaro

Se a sua ave ficar muito nervosa enquanto você estiver tentando medicá-lo, é melhor soltá-la e tentar novamente dentro de algumas horas. Caso contrário, você pode causar um estresse excessivo que é capaz de enfraquecer seu coração.
Maneiras de medicar seu pássaro

Última atualização: 03 julho, 2022

Ao contrário de outros animais, as aves não podem ser facilmente manuseadas. De fato, é necessária alguma experiência nesse sentido, pois seu corpo é muito frágil e é fácil machucá-las se forem seguradas de maneira errada. Por isso, o simples ato de medicar uma ave se torna uma tarefa complicada e bastante delicada.

As aves geralmente não são animais adequados à presença de pessoas. Mesmo depois de vários anos em casa, alguns espécimes ainda têm medo de seus tutores e se afastam ao menor sinal de movimento. Como se isso não bastasse, isso lhes causa um grande estresse que pode afetar sua saúde. Continue a leitura e saiba como evitar esse e outros problemas na hora de medicar seu pássaro.

Por que é necessário aprender a medicar um pássaro?

Para que uma ave se recupere de qualquer doença, o medicamento prescrito deve ser administrado na hora certa e na dose correta. Por esse motivo, colocar os medicamentos na comida ou na tigela de água geralmente não é a melhor opção, pois elas não os consomem em uma única dose e às vezes os evitam completamente.

Tratamento da psitacose em papagaios

Devido a essa situação, os tutores que convivem com uma ave devem aprender diferentes formas de medicá-la. Caso contrário, sua condição de saúde pode se deteriorar rapidamente e sua vida pode ficar em perigo. Listadas abaixo estão algumas das melhores estratégias disponíveis para dar remédios a esses animais de estimação.

1. Evite barulho e pessoas estranhas

As aves se caracterizam por serem bastante nervosas. Portanto, se você quiser dar remédio sem nenhum problema, é necessário reduzir qualquer estímulo desagradável. Entre os principais estão pessoas estranhas e barulhos altos.

Ao evitar essas situações, é mais fácil para a ave manter a calma e assim ela pode ser medicada com mais calma. Também é recomendável conversar com ela gentilmente durante o processo, pois isso ajuda a reduzir o estresse e evita que o animal tente fugir.

2. Três pessoas é melhor

Embora não seja impossível medicar uma ave sem ajuda, é sempre melhor contar com o apoio de outras duas pessoas. Dessa forma, uma pessoa pode se focar em imobilizar completamente a ave, enquanto as outras duas se ajudam para segurar seu bico e administrar o medicamento.

Claro, as duas pessoas devem ser membros da família com quem o pássaro está familiarizado. Se você optar pela ajuda de estranhos, a única coisa que conseguirá é deixar o animal mais nervoso e estressá-lo. Tenha muito cuidado com esses pontos, pois o estresse dessas situações pode ser suficiente para causar uma parada cardíaca.

3. Acostume-se a segurar o pássaro com firmeza

Um dos maiores problemas que os tutores enfrentam ao medicar seu pássaro é o medo ou a preocupação em exceder sua força e ferir o animal. Portanto, tente fazer várias tentativas anteriores a fim de segurar seu animal de estimação. Você descobrirá que não é preciso muito esforço para restringir seus movimentos, embora seja sempre melhor se acostumar a fazê-lo bem durante a medicação.

4. Misture o medicamento com alimentos

Quando o medicamento é uma pílula ou comprimido, você pode optar por misturá-lo na ração regular. Para fazer isso, a dieta do animal deve ser restrita durante o dia e administrada apenas quando combinada com o medicamento. Dessa forma, a probabilidade de ele selecionar a comida é reduzida e você garante que ele consuma sua dose de remédio.

No entanto, evite usar essa estratégia para medicar seu pássaro se o medicamento estiver na forma de pó, pois quase certamente ficará no fundo do pote. Lembre-se de que uma das coisas que você deve garantir é que seu animal de estimação consuma a dose inteira ao mesmo tempo. Se esse requisito não for atendido, é melhor optar por outra estratégia.

5. Engane-o com um prêmio

Outra maneira de medicar um pássaro com pílulas ou comprimidos é através de guloseimas leves, como iogurte ou purê de batatas. Apenas esconda o remédio no meio da comida e oferela imediatamente. Como geralmente são alimentos bastante palatáveis, o pássaro os devora rapidamente sem perceber o engano.

6. Se for medicamento líquido, administre lentamente

Se o medicamento do seu animal de estimação vier na forma líquida, você precisará usar uma seringa sem corte para administrá-lo. Durante esse processo, você deve ter cuidado para liberar gradualmente a dose. Nunca tente fazer isso rapidamente, pois existe o risco de seu pássaro sufocar com o excesso de líquido em sua boca.

7. Peça orientação ao veterinário

Se você tiver dúvidas ou medo na hora de administrar a medicação necessária ao seu pet, é sempre melhor recorrer a um veterinário para orientação. Dependendo do que você precisar, ele pode ensiná-lo em primeira mão como lidar com seu pássaro sem prejudicá-lo, ou oferecer-se para medicá-lo pessoalmente.

Depois de terminar de dar o medicamento ao pássaro, limpe bem todas as sujeiras que caírem no bico ou nas penas. Além disso, dê-lhe carícias e palavras de conforto que o façam se sentir calmo. Esses últimos passos são importantes, pois afetam a forma como seu animal de estimação lida com o estresse. Lembre-se de que esse é seu pior inimigo, então ajude-o a se sentir melhor para proteger sua saúde.

Pode interessar a você...
Meu pássaro me morde: causas e soluções
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Meu pássaro me morde: causas e soluções

Seu pássaro morde você toda vez que você se aproxima e você não sabe como lidar com a situação? Aqui vamos apresentar as razões disso.