Mergulhar com tubarões: cuidados a considerar

julho 17, 2019
Manter a calma e evitar movimentos repentinos são algumas das chaves para evitar um ataque na hora de mergulhar com tubarões.

A menos que sejam especialistas na área, mergulhar com tubarões não é algo que as pessoas costumam escolher fazer. No entanto, este encontro se torna possível durante a prática do mergulho.

A atividade aquática de submergir no oceano envolve entrar no espaço de predadores cujo comportamento é necessário conhecer. Vale lembrar que estas dicas não são completamente infalíveis, mas toda informação é boa na hora de evitar cruzar com um destes peixes.

Precauções e alertas para mergulhar com tubarões

Faça a excursão com guias treinados

Ao chegar a praias desconhecidas, é comum ver promoções de mergulho para os viajantes. Essas empresas ou indivíduos que oferecem o serviço devem conhecer todos os locais de mergulho seguros e o tipo de fauna do local.

Devemos lembrar que a fauna não será a mesma nas diferentes estações do ano. Dessa forma, tem-se uma questão que deve ser conhecida pelo guia ao planejar as rotas.

Mergulhar com tubarões requer planejamento

Com ou sem guia, cada usuário deve se responsabilizar pelo estudo das espécies que circulam nas águas a serem exploradas. Há variedades de tubarões mais ou menos agressivas, e é importante aprender a distingui-las.

Outra questão é que a possibilidade de mergulhar com tubarões deve ser planejada em relação à visibilidade da água, correnteza, profundidade e equipamentos disponíveis.

Mergulhador com tubarão

A primeira reação é aquela que conta

Embora os tubarões tendam a se afastar na presença de seres humanos, uma das principais dicas é: se você vir um, é imprescindível manter a calma e não fazer movimentos bruscos.

Estas precauções também contam na hora de entrar na água. Um mergulho estrondoso atrairá a atenção desses animais. Dessa forma, o melhor conselho é tomar a atitude de um convidado respeitoso na presença ou proximidade de tubarões.

Olhar fixamente

Como bons donos do mar, os tubarões sabem sobre a chegada dos visitantes antes mesmo de vê-los. Isso significa que se um tubarão se aproximar, será para conhecer os recém-chegados.

Se os tubarões decidirem cumprimentar, é necessário manter contato visual e fazê-los entender que sua presença foi descoberta. Se eles estão acostumados a atacar de maneira repentina, esse comportamento irá desconcertá-los.

Além disso, não devemos deixar de observá-los mesmo quando estão se afastando.

Dominar

Uma das coisas mais difíceis de mergulhar com tubarões é lidar com o impacto da sua presença. No entanto, muitas vezes a vida do mergulhador depende de um autocontrole eficiente.

Além do contato visual, a quietude extrema do corpo manterá o tubarão longe e calmo. As pernas e braços devem se manter colados ao corpo.

Não tente tocar ou imobilizar os animais

A força e a agilidade dos tubarões são muito superiores às nossas e não podem ser dominadas com o corpo, com cordas ou qualquer outro objeto. Além disso, impedir o movimento só aumentará seu estresse e agressividade.

É importante notar que, uma vez que o tubarão começa a se defender, ele não irá parar até que extermine a sua ameaça.

Mergulhar com tubarões

Não cruze o seu caminho

É possível que, diante da perplexidade de se deparar com um desses predadores marinhos, você nade sem rumo com a única intenção de fugir.

No entanto, uma regra prática ao mergulhar com tubarões é que bloquear o caminho de um tubarão pode ser muito perigoso. Ou seja, ele verá o nadador como uma ameaça.

Não alimente os tubarões

Nas águas por onde os tubarões passam, geralmente é proibido usar isca de peixe ou carne crua para pescar. O motivo é que a comida aumenta a excitação dos tubarões. Esta proibição costuma ser duplicada se houver mergulhadores na área.

O que fazer se ele atacar?

É hora de mencionar que mergulhar com tubarões é se expor ao risco de um ataque nada agradável. Caso o animal chegue muito próximo, é necessário agir com serenidade e precisão.

Primeiro, tenha cuidado com as pernas e tente manter o tubarão longe com o tubo de oxigênio ou o que você tiver à mão. Então, suba devagar até o barco.

Se não há tempo para escapar e o confronto for inevitável, um modo de contra-ataque é inserir as mãos nas guelras. Outro ponto fraco do tubarão são os olhos, por isso, pressioná-los com força pode fazer com que eles se afastem.

Dicas finais ao mergulhar com tubarões

Em vez de medo, o respeito é mais eficaz. O medo faz do seu dono uma presa fácil. Os movimentos lentos darão confiança ao tubarão, que esquecerá seu instinto de caça por um tempo. Se a reunião com os cavalheiros do mar for realizada pacificamente, o momento será, sem dúvida, mágico.