O morcego do nariz de tubo

outubro 23, 2019
O morcego do nariz de tubo difere de outras espécies de morcego porque usa seus grandes olhos para se orientar, enquanto os demais usam a chamada ecolocalização.

Quando pensamos em um morcego, costuma vir à mente um animal com uma aparência desagradável, com asas longas e nariz achatado. No entanto, podemos encontrar muitas espécies diferentes dentro da família dos quirópteros, como o morcego do nariz de tubo.

Características do morcego do nariz de tubo

Cada animal tem características únicas, mas também é verdade que algumas espécies nos chamam mais a atenção do que outras… como é o caso do morcego do nariz de tubo.

Esta é uma espécie muito rara de morcegos que nos permite deixar de lado – de uma vez por todas – a má impressão que temos desses mamíferos voadores. Eles são mais pacíficos do que pensamos!

Alguns o conhecem através do apelido de Yoda, em uma clara alusão ao mestre Yoda de Guerra nas Estrelas. No entanto, seu nome científico é Nyctimene papuanus. Esta última palavra deriva do local onde ele mora, na Papua-Nova Guiné.

Esta ilha ao norte da Austrália é o lar de muitas espécies de morcegos “raros” de nariz tubular.

Outra característica que diferencia essa família de quirópteros dos outros é que eles utilizam seus grandes olhos para se orientar, conseguir comida, se locomover e até acasalar.

Por que isso é estranho? Porque o restante dos morcegos usa a chamada ‘ecolocalização’, através de ondas e vibrações produzidas no ar. Eles têm a visão precária e costumam voar à noite.

Morcegos pendurados em árvore

Este animal é muito pequeno quando está descansando e não pesa mais do que um quilo. Porém, ao abrir completamente as asas, ele pode medir cerca de um metro e meio.

O morcego do nariz de tubo é frutífero. Isso significa que a sua dieta é composta por frutas. Ele não suga sangue nem mata animais para se alimentar! E o melhor de tudo, graças à sua alimentação, tornou-se um excelente ajudante para o seu ecossistema.

Quando carrega os frutos, algumas sementes caem e permitem que novas árvores ou plantas surjam a vários quilômetros de distância de onde estavam. Esta sua tarefa é muito necessária na floresta tropical onde ele mora.

Conhecendo a família Nyctimene

O gênero Nyctimene, ao qual o morcego do nariz de tubo pertence, é composto por várias espécies com características semelhantes entre si. Esses mamíferos voadores têm uma cabeça “esmagada”, uma boca grande que abre e fecha rapidamente e, é claro, as narinas tubulares pelas quais são reconhecidos.

Você sabe por que eles têm essa forma? Tudo está relacionado à sua alimentação e hábitos. Como esses morcegos comem frutas e as viram “de cabeça para baixo”, a natureza os dotou de narizes especiais que impedem que o suco dos alimentos entre no seu sistema respiratório.

Morcego voando

Outra teoria afirma que esse nariz tubular impede a entrada de pólen, poeira e até de minúsculos insetos que voam ao seu redor quando ele sai do esconderijo.

Além do morcego ‘Yoda’, o gênero Nyctimene é composto por pelo menos 16 espécies diferentes:

  1. Nyctimene aello: vive na Nova Guiné.
  2. Nyctimene albiventer: está localizado na Austrália, Papua-Nova Guiné, Indonésia e Ilhas Salomão.
  3. Nyctimene celaeno: é endêmico da Indonésia.
  4. Cefalotes de nictimeno: pode ser encontrado na Nova Guiné e na Indonésia.
  5. Certans do Nyctimene: esta espécie habita a Indonésia e a Nova Guiné.
  6. Nyctimene cyclotis: a Indonésia e a Nova Guiné são o seu habitat.
  7. Nyctimene draconilla: vive na Papua-Nova Guiné e na Nova Guiné Ocidental.
  8. Nyctimene keasti: pode ser encontrado nas ilhas Kai, Tanimbar e Babar.
  9. Nyctimene major: as Ilhas Salomão e Papua-Nova Guiné são seus lugares escolhidos para morar.
  10. Nyctimene malaitensis: é endêmico das Ilhas Salomão.
  11. Nyctimene masalai: vive na Papua-Nova Guiné.
  12. Nyctimene minutus: é uma espécie endêmica da Indonésia.
  13. Nyctimene rabori: vive em áreas tropicais das Filipinas.
  14. Nyctimene robinsoni: este morcego é encontrado na Austrália (Queensland e Nova Gales do Sul).
  15. Nyctimene sanctacrucis: é originário das Ilhas Santa Cruz.
  16. Nyctimene viszaccia: pode ser encontrado na Papua-Nova Guiné e nas Ilhas Salomão.

Finalmente, vale a pena destacar que, na mitologia romana, Nyctimene era filha de Epopeus, rei de Lesbos.

Segundo a lenda, ela foi abusada pelo pai e, por vergonha, refugiou-se na floresta e nunca mais voltou a mostrar o rosto à luz do dia. É por isso que esses morcegos recebem esse nome, pois só saem à noite.

GRINNELL, A. D., & GRIFFIN, D. R. (1958). THE SENSITIVITY OF ECHOLOCATION IN BATS. The Biological Bulletin. https://doi.org/10.2307/1538961