Conheça o morcego-fantasma-grande

março 14, 2020
Entre as espécies de animais mais curiosas e com mais segredos que já foram descobertas estão os morcegos, e o morcego-fantasma-grande serviu de inspiração para relatos, lendas e filmes. Saiba mais sobre esse mamífero voador a seguir.

O morcego-fantasma-grande é uma das mais curiosas espécies de morcegos gigantes reconhecidas na atualidade. Essa espécie, típica da América, chama a atenção não apenas pelo seu tamanho, mas também pela sua aparência peculiar. A seguir, apresentamos as suas principais características.

Características físicas e taxonomia do morcego-fantasma-grande

O morcego-fantasma-grande (Vampyrum spectrum) é um mamífero da família phyllostomidae. Essa é a única espécie do gênero Vampyrum, conhecida também como morcego-espectral ou carcará-da-amazônia.

Apesar dos seus nomes populares, o morcego-fantasma-grande não tem relação com os chamados “falsos-vampiros”, que são morcegos carnívoros da família Megadermatidae.

Trata-se da maior espécie de morcego nativa do continente americano e também do morcego carnívoro com as maiores dimensões. Quando eles atingem a idade adulta, exibem uma envergadura média de 80 centímetros. Além disso, o comprimento do seu corpo varia entre 12,5 e 15,3 centímetros, com um peso de 145 a 190 gramas.

Um dos traços mais característicos desse morcego é o seu nariz protuberante e de um formato muito peculiar. O seu focinho é longo e estreito, com dentes fortes que saem da boca; por outro lado, as orelhas são relativamente pequenas e arredondadas.

Na parte superior do seu corpo, predomina uma cor marrom escura ou média que pode ser levemente alaranjada. Enquanto isso, a parte inferior costuma ter tons mais pálidos, que podem variar de um marrom acinzentado até um amarelo acastanhado.

O morcego-fantasma-gigante
Fonte: http://rodriguezgalarza.com/

A parte inferior do seu corpo é notavelmente mais curta e esguia do que a parte de trás. Não se identifica uma cauda visível, ainda que a membrana da cauda seja longa e larga. Além disso, também são observadas garras poderosas, longas e curvas, nas patas da frente e de trás.

Habitat e alimentação do morcego-fantasma-grande

Como já mencionamos, essa é uma espécie nativa do Novo Mundo, especificamente das suas regiões tropicais. A sua população vai desde o sul do México até o Brasil, incluindo toda a América Central, Bolívia, Colômbia, Equador, Suriname, Peru, Venezuela e a Ilha Trinidad.

Esse morcego é uma espécie carnívora que se alimenta de uma ampla variedade de animais vertebrados. A sua dieta inclui o consumo de insetos, anfíbios, pequenas aves e répteis, e mamíferos de pequeno porte. Eles podem até chegar a caçar outros morcegos.

Esses morcegos não sugam o sangue como os vampiros tradicionais da ficção. Eles simplesmente caçam presas e as consomem, assim como todos os animais carnívoros.

Devemos ressaltar que os morcegos-fantasmas-grandes são exímios caçadores noturnos. A sua técnica de caça se parece com a das corujas e dos estrigiformes. Em outras palavras, eles são extremamente cautelosos no momento de capturar as suas presas.

Em geral, esses morcegos se lançam dos galhos altos ou voam para patrulhar o seu entorno em busca de alimentos. Ao identificar uma presa, eles se “deixam cair” para concretizar um ataque rápido e eficaz. Dessa maneira, dificilmente as suas presas conseguem identificar a sua presença a tempo de escapar ou se defender.

O morcego-fantasma-gigante
Fonte: http://rodriguezgalarza.com/

Hábitos e reprodução

O morcego-fantasma-grande é uma espécie de hábitos noturnos, assim como todos os morcegos. À noite, eles exercem a sua sofisticada técnica de caça, e se mostram muito ativos e cautelosos. Durante o dia, por outro lado, eles permanecem escondidos nas suas “tocas”, localizadas nas árvores.

Trata-se de uma espécie sociável, que pode viver em pequenos grupos e que costuma ser monogâmica, ainda que os machos possam, eventualmente, acasalar com mais de uma fêmea.

Em geral, o macho está muito presente na criação dos filhotes, e permanece junto com a mãe inclusive durante a gravidez. De fato, é comum que a fêmea e o filhote durmam envolvidos pelas asas do macho, para se protegerem de eventuais ataques de predadores.

Estado de conservação do morcego-fantasma-grande

O morcego-fantasma-grande ou morcego-espectral é classificado, atualmente, como uma espécie em risco de extinção no México. Contudo, infelizmente, não existem informações suficientes sobre o estado da sua população em cada país da América Central e do Sul.

No entanto, considerando o avanço do ser humano sobre o seu habitat natural, estima-se que a sua população tenha registrado reduções significativas em todos os países.