9 tipos de crocodilos

Os crocodilos são predadores vorazes e resistentes. Embora sejam nadadores experientes que ficam à espreita na água, seus movimentos em terra são mais habilidosos do que parecem.
9 tipos de crocodilos

Última atualização: 29 Junho, 2021

Os crocodilos são os maiores répteis que existem atualmente. Embora pareçam lagartos gigantescos, não estão intimamente relacionados a eles. Na verdade, os crocodilos são arcossauros, um antigo grupo de répteis ao qual as aves também pertencem.

Embora no passado ocupassem nichos muito diferentes, os tipos de crocodilos atuais são predadores dominantes que se escondem na água e confiam em sua mordida extremamente poderosa para caçar. Se você quiser saber mais sobre esses incríveis animais, continue lendo!

Características e habitat dos crocodilos

Os crocodilos são superficialmente semelhantes a um lagarto, embora maiores, mais musculosos e imponentes. Suas patas são curtas, o corpo é alongado e a cauda, achatada lateralmente, é longa e muito poderosa.

A cabeça é um dos aspectos mais característicos desses organismos. Geralmente ocupa cerca de um sétimo do comprimento do animal. É longa, achatada dorsoventralmente e cheia de dentes afiados. Além do crânio, sua pele é outra das características definidoras. É fortemente blindada, feita de escamas de queratina e osteodermas (placas de ossos).

A maioria das espécies de crocodilos vive perto dos trópicos, pois precisa de altas temperaturas para manter seu metabolismo ativo, visto que é ectotérmica. Todos os crocodilianos estão ligados a ambientes aquáticos, especialmente de água doce. Eles ocupam pântanos, lagos, rios, estuários, várzeas e outras áreas úmidas semelhantes, desde que tenham uma abundância de vegetação e presas.

Tipos de crocodilos

Hoje em dia, foram descritas 24 espécies de crocodilianos, que estão divididas em 3 famílias claramente diferenciadas. A seguir, vamos explicar suas principais características.

Crocodilos verdadeiros (Família Crocodylidae)

Essa é a maior família, com 14 espécies pertencentes a 3 gêneros. Apenas 2 das espécies dessa família estão fora do gênero Crocodylus. Os crocodilos verdadeiros estão espalhados por todo o mundo.

Esses gigantescos répteis podem ser diferenciados dos demais por sua cabeça triangular, que vai se estreitando em direção à ponta do focinho. Além disso, seus dentes superiores e inferiores são visíveis quando fecham a boca.

Algumas espécies representativas do verdadeiro crocodilo são as seguintes:

  • Crocodilo-de-água-salgada (Crocodylus porosus): o maior réptil do mundo, pois pode atingir até 7 metros de comprimento e 1000 quilos. É mais territorial e agressivo do que seus parentes, o que o torna um dos mais perigosos. Os crocodilos-de-água-salgada aparecem no sudeste da Ásia e no norte da Austrália. Eles vivem em águas doces e salgadas, mas também podem ir para o mar aberto.
  • Crocodilo-do-nilo (Crocodylus niloticus): não desprezível em tamanho, é o maior crocodilo da África. Está presente na bacia do Nilo e em grande parte da África Subsaariana. Sua alimentação é extremamente variada, pois inclui qualquer animal que cruze seu caminho.
  • Crocodilo-de-focinho-delgado (Mecistops cataphractus): outra espécie africana, dessa vez bem mais desconhecida, pequena e com distribuição mais limitada. Ocorre na África Ocidental e Central. Destaca-se pelo focinho fino, o que indica uma dieta piscívora, embora também consuma crustáceos, insetos, sapos e cobras.
  • Crocodilo-anão (Osteolaemus tetraspis): a distribuição dessa espécie se sobrepõe amplamente à anterior. No entanto, sua aparência é radicalmente diferente. Esse é um dos menores crocodilos, com um comprimento aproximado de 1,5 metros. É noturno, solitário e se destaca pelo focinho curto.
Um espécime de crocodilo-do-nilo.

Aligátores e caimões (família Alligatoridae)

Também chamados de jacarés, representam 8 espécies diferentes, divididas em 4 gêneros diferentes. Eles podem ser diferenciados de outros tipos de crocodilos por seu focinho largo e sem ponta, que lembra uma pá.

Quando esses animais fecham suas mandíbulas, apenas seus dentes superiores podem ser vistos. Os caimões e seus parentes são principalmente sul-americanos, embora uma espécie viva na América do Norte e outra na China.

Dentre as espécies mais representativas dessa família, destacam-se as seguintes:

  • Jacaré-americano (Alligator mississippiensis): esse é o único jacaré nos Estados Unidos. Ocorre nos seguintes estados: Texas, Louisiana, Mississippi, Alabama, Geórgia, Flórida, Carolina do Sul e Carolina do Norte. Embora esse animal tenha ficado seriamente ameaçado pela superexploração humana, os planos de conservação permitiram que ele se recuperasse com muito sucesso.
  • Jacaré-da-china (Alligator sinensis ): é a única espécie de jacaré fora da América. Seu alcance é muito reduzido, pois só ocorre na província chinesa de Anhui. Além disso, existem muito poucos indivíduos selvagens. Portanto, é considerada uma “espécie em perigo crítico” pela União Internacional para Conservação da Natureza (UICN).
  • Jacaré-anão (Paleosuchus palpebrosus): é o menor de todos os crocodilos, pois atinge pouco mais de um metro de comprimento. Está amplamente distribuído por toda a bacia amazônica e tem uma aparência muito característica. Suas sobrancelhas marcadas e olhar intenso lhe dão a aparência de um filhote malvado de crocodilo.
Os jacarés são um dos tipos de crocodilos.
Um espécime de jacaré-americano.

Gaviais (Família Gavialidae)

Os gaviais são o grupo mais peculiar, reconhecível e pouco numeroso desses répteis. Seus focinhos são muito estreitos e alongados, quase tubulares. Os dentes são longos e cilíndricos. Junto com o formato do crânio, indicam uma dieta piscívora.

Existem apenas 2 espécies nessa família:

  • Gavial (Gavialis gangeticus ): é o crocodilo mais aquático. Anteriormente, tinha uma ampla distribuição, mas agora só aparece em alguns rios na Índia e no Nepal. Sua aparência é muito característica, com um crânio e focinho extremamente finos. Os machos geram uma massa bulbosa na extremidade do focinho.
  • Falso-gavial (Tomistoma schlegelii): antigamente, acreditava-se que o falso-gavial se assemelhava a G. gangeticus devido a um fenômeno de convergência evolutiva. No entanto, estudos filogenéticos moleculares indicam que ambos os tipos de crocodilos pertencem à mesma família.

 

Gavial: um dos tipos de crocodilos

Os crocodilos e todos os seus parentes são animais realmente fascinantes. Embora atualmente sejam raros, eles eram as formas de vida dominantes antes do aparecimento dos dinossauros. Atualmente, ainda são muito competentes e servem como testemunhas da vida passada. Devemos preservá-los a todo custo.

Pode interessar a você...
O jacaré-açu: informações e características
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
O jacaré-açu: informações e características

Apesar da sua aparente ferocidade, esse réptil é caracterizado por sua paciência e caça noturna. Conheça mais sobre o jacaré-açu.