As origens do cavalo Maremmano

março 31, 2020
O cavalo Maremmano é uma raça inteligente, sensível e robusta. Além disso, também possui uma boa adaptabilidade a diferentes tipos de exigências.

O cavalo Maremmano está quase extinto na sua forma original, mas ainda existe como uma raça modificada. Ele evoluiu a partir do cavalo Napolitano e de outras raças europeias. A princípio, foi usado originalmente para trabalhos agrícolas e pecuários na região toscana da Maremma, ao norte de Roma.

Sem dúvida, é uma das raças italianas mais importantes e antigas. Atualmente, um programa sistemático de reprodução foi implementado para manter o genótipo antigo e garantir uma variação mais ampla dentro da raça.

História da sua origem

Conforme já mencionamos, o cavalo Maremmano é originário da Itália, apesar de uma longa história de cruzamentos.

Este cavalo esteve presente ao longo da costa do Tirreno. De fato, foi a raça de cavalos dos etruscos (800 a.C.), os primeiros italianos a levar a sério a criação de cavalos.

Muitos cruzamentos ocorreram durante o tempo dos romanos. Naquela época, os cuidadosos métodos de reprodução dos etruscos foram ignorados ou esquecidos.

Posteriormente, houve um longo período improdutivo. No entanto, durante o Renascimento (século XVI), ressurgiu a criação científica de cavalos.

Ascensão e queda da criação do cavalo Maremmano

As origens do cavalo Maremmano

Sua morfologia robusta, bem como sua crina e rabo exuberantes, foram características muito apreciadas.

Na época dos Estados Papais, foi dada uma atenção considerável à criação de cavalos Maremmano. Eles eram usados ​​para puxar as carruagens senhoriais por causa da sua força e grande imponência.

Nesse período, a raça se misturou com o sangue dos garanhões árabes, berberes e andaluzes. Após a unificação italiana (1860), a fama dos cavalos Maremmano se espalhou e muitos deles, principalmente garanhões, mas também éguas, foram enviados a toda a Itália para melhorar as outras raças.

O cavalo Maremmano foi muito solicitado pela cavalaria. Além disso, o cruzamento cuidadoso com os puro-sangue resultou em cavalos de montaria fortes, com boa aparência e excelente morfologia.

Após a Segunda Guerra Mundial, a raça quase caiu em extinção, mas o interesse por ela ressurgiu na década de 1970.

Características da raça

É interessante saber que as condições ambientais do seu habitat natural (região de Maremma) determinaram a adaptação da raça a ambientes difíceis. Historicamente, a região nunca teve condições favoráveis, resultando assim na seleção de uma raça forte, frugal, longeva e fértil.

Além disso, o cavalo Maremmano tem uma alta resistência a doençasPor esse motivo, os potros mostram uma alta taxa de sobrevivência, embora demorem a atingir a maturidade.

Os Maremmanos não são a raça mais bonita ou a mais rápida, mas são trabalhadores bons e robustos.

Características físicas

A altura na cernelha é de cerca de 1,58 metros para os machos e 1,55 para as fêmeas, aos 42 meses de idade. Geralmente, a cabeça é grande e, em alguns casos, um pouco curvada. Eles tendem a se reproduzir de forma fiel à raça e têm várias características físicas distintas, tais como o perfil da cabeça acarneirada e pelos grossos. O pescoço é longo, e a crina muitas vezes é ondulada.

Além disso, possuem um dorso muito forte, ligeiramente longo, e quartos traseiros potentes, com o rabo bem posicionado. Pernas curtas, fortes e limpas, com osso amplo; cascos duros e firmes.

O cavalo Maremmano pode ter qualquer cor sólida. Geralmente, pode ser encontrado com pelo castanho (somente para as fêmeas), preto, marrom, etc.

As origens do cavalo Maremmano

Uso do cavalo Maremmano

Tradicionalmente, o Maremmano era o cavalo das maiores unidades agrícolasa sua criação seletiva foi adaptada para atender a diferentes necessidades. Ao longo dos anos, o seu desenvolvimento foi altamente influenciado pelas mudanças nas demandas.

Com a mecanização do exército no século XX e também da maioria das formas de agricultura, o futuro dessa raça parecia sombrio. Atualmente, o Maremmano e o puro-sangue são mantidos em sistemas de produção semelhantes.

Devido à sua docilidade, é considerado o companheiro ideal para qualquer criança ou adulto, para viajar ou passear. Esta é também uma das razões pelas quais a polícia montada italiana continuou a escolhê-lo como parte da sua equipe.

  • Silvestrelli, M. (1991). The Maremmano horse. Animal Genetic Resources/Resources génétiques animales/Recursos genéticos animales8, 69-77. http://www.fao.org/3/a-u6405t.pdf#page=74
  • Felicetti, M., Lopes, M. S., VeriniSupplizi, A., da Câmara Machado, A., Silvestrelli, M., Mendonça, D., & Distl, O. (2010). Genetic diversity in the Maremmano horse and its relationship with other European horse breeds. Animal genetics41, 53-55.