Os diferentes tipos de cães de caça

· outubro 25, 2018
Existem quatro classes de cães diferentes, de acordo com o trabalho que desempenham durante uma caçada.

Desde o começo da história, quando os cães começaram a conviver de maneira mais estreita com os humanos, eles são usados para ajudar na caça. 

Conhecemos muitas raças que foram ou ainda são utilizadas como caçadoras, mas hoje queremos falar dos diferentes tipos de cães de caça.

Existem quatro tipos de cães de caça, e cada um se encarrega de um trabalho diferente. Vamos analisar um por um. Quer conhecê-los?

Os diferentes tipos de cães de caça

Sabujo

Os sabujos são conhecidos como cães farejadores ou rastreadores, pois têm um olfato muito apurado, o que lhes permite seguir o rastro de uma presa.

Quando a encontram, perseguem enquanto latem para avisar aos caçadores que a perseguição já começou.

Cão sabujo farejando

Esses cães são preparados para caçar em grupo ou sozinhos, mas sempre sob a direção de seus donos, que lhes mandam perseguir a presa, tirá-la da toca ou levá-la até eles.

São utilizadas para grandes e pequenas caçadas. Na França, por exemplo, os cães são usados na caça ao cervo; na Inglaterra, para a caça à raposa, e na Espanha, para caçar lebres e javalis.

Galgo

Enquanto os sabujos são conhecidos por seu olfato, os galgos têm uma visão poderosa. São capazes de reconhecer uma presa a uma grande distância.

Quando isso acontece, começam a persegui-la até pega-la. Seu modus operandi, que é silencioso e rápido, é muito eficaz na caça de presas, algumas grandes, como os cervos.

cão de caça galgo

Esses cães têm sido utilizados há muito tempo em sessões de caça, com bastante êxito. Entre as raças mais escolhidas para esse trabalho estão o galgo afegão e o Azawakh.

Cães de caça

Entre os tipos de cães de caça, esses são utilizados especialmente para a caça de animais pequenos. É o cão mais escolhido para trabalhos de caça por fãs desta atividade.

cão de caça com uma perdiz na boca

Esses cães são divididos em variedades como estas:

  • Retrievers: Ajudam o caçador a encontrar e levar os pássaros que abateram no ar. São pacientes, pois podem ficar horas esperando que as presas mortas caiam no chão para então pegá-las.
  • Setters: Buscam as presas pelo cheiro. Elas normalmente são os pássaros maiores, como faisões ou tetrazes. Quando encontram a presa, ficam parados no lugar, para avisar ao caçador.
  • Spaniels: São ideais para encontrar as presas em terrenos com muita vegetação e cheios de mato, mas também são animais que farejam na água.
  • Pointers: A forma de atuar desses cães se difere muito à dos anteriores, já que quando localizam uma presa, apontam com seu nariz ou focinho em direção a ela. É conhecido e valorizado por seu “instinto apontador”.
  • Cães d’água: Por último estão os cães d’água, que perseguem e pegam presas na água. Às vezes, podem ser aves aquáticas, e outras vezes alguma presa que estavam perseguindo e que buscou a água para se esconder ou fugir.

Cur

Esse tipo de cão caçador é muito utilizado nos Estados Unidos para a caça de mamíferos grandes. Precisam de um adestramento específico para que seu instinto de caça seja forte, mas isso às vezes pode resultar em um grande problema, pois pode acabar atacando quem não deveria.

Soldado com cachorro