Porquinho-da-índia americano: características e cuidados

A cobaia americana é um roedor gentil e afetuoso que também precisa de cuidados para ser um animal de estimação feliz e saudável. Portanto, este artigo traz uma série de recomendações para quem tem um mamífero desta raça em casa.
Porquinho-da-índia americano: características e cuidados

Última atualização: 07 Outubro, 2021

O porquinho-da-índia americano é uma das raças de roedores domésticos mais populares do mundo. Esse animal, também conhecido como preá, cuy, cobaia ou coelho-da-índia, pode ser uma excelente companhia em casa graças à sua ótima personalidade. Além de ser a raça mais antiga que existe, caracteriza-se por ser sociável e afetuosa.

A seguir, você descobrirá muito mais sobre o mundo do porquinho-da-índia americano. Neste artigo falaremos sobre as características desse animal e os cuidados que ele requer para ter uma vida saudável e feliz. Se você tem um porquinho-da-índia americano em casa, confira as seguintes informações e recomendações.

Origem

Acredita-se que esse roedor tenha surgido em países como Peru, Bolívia e Equador. Registros na história indicam que o porquinho-da-índia americano foi domesticado há muito tempo nos Andes, especificamente por volta de 5.000 a.C. No entanto, o interesse por esses animais de estimação começou no século XVI, quando os europeus os introduziram em seu continente para usá-los como alimento (e também para usar suas peles).

Com o passar do tempo, esses mamíferos começaram a cruzar para dar origem a outras raças, como o porquinho-da-índia texel ou o sheltie. Devido a esses cruzamentos iniciados na Europa, o porquinho-da-índia americano também foi chamado de “porquinho-da-índia inglês”. Na verdade, existem alguns países onde ainda é conhecido dessa forma.

Algumas cobaias americanas em uma cadeira.

Características do porquinho-da-índia americano

Como outros porquinho-da-índia, a variedade americana tem um corpo longo e rechonchudo. Além disso, tem patas curtas, orelhas caídas e olhos redondos. Esse mamífero tem uma pelagem curta, mas macia e lisa. É de tamanho médio, entre 25 e 35 centímetros, e seu peso pode variar de 800 gramas a 1,5 kg.

Além das informações anteriores, esse roedor pode ser preto, castanho, marrom, café ou branco. Além disso, existem exemplares em diferentes padrões (unicolor, bicolor ou tricolor). Sua disposição sexual precoce também faz parte de suas características: a maturidade reprodutiva ocorre por volta dos 3 meses de vida.

Personalidade do porquinho-da-índia americano

Esse animal tem uma grande personalidade, pois é um roedor muito dócil. O porquinho-da-índia americano é carinhoso, sociável e dócil com as crianças. Ele adora carícias e mimos, e é capaz de desenvolver um forte vínculo com seus tutores, sempre ficando alegre quando eles chegam em casa.

Por outro lado, é um porquinho-da-índia muito lúdico, enérgico e curioso, sempre pronta para explorar. Apesar de seu bom caráter, é preciso tratá-lo com delicadeza e muito carinho. Por possuir muitos predadores na natureza, esse porquinho-da-índia mantém um comportamento sempre alerta a possíveis ameaças. Nesse sentido, ele pode ter reações de explosivas de fuga se for tratado de maneira brusca.

Cuidados

Os porquinhos-da-índia também precisam de certos cuidados para seu bem-estar. Se você tem um porquinho-da-índia americano em casa, as recomendações a seguir ajudarão a proporcionar uma vida saudável e feliz ao seu animal de estimação. Deve-se ter em mente que é um animal muito sensível ao estresse.

A gaiola

Um dos principais aspectos a se levar em conta se você tem um porquinho-da-índia como companheiro de vida tem a ver com o lugar que ele habita, ou seja, sua gaiola. Esse mamífero precisa de um espaço que se adapte ao seu tamanho e às suas características. Embora o porquinho-da-índia americano tenha se desenvolvido em terrenos acidentados, o piso da gaiola pode afetar suas patas. Portanto, não deve ter de grades na parte inferior.

A gaiola do porquinho-da-índia deve ter, no mínimo, 80 centímetros de comprimento e 40 centímetros de altura e largura. No entanto, quanto maior, melhor. Dessa forma, será possível incluir áreas de lazer, descanso e alimentação para que o animal se sinta confortável em vez de estressado.

Higiene do porquinho-da-índia americano

O porquinho-da-índia americano gosta de limpeza, por isso é importante que você dê banho e escove seu pelo para remover pelos mortos e evitar que se formem nós. Além disso, no verão você pode colocar um recipiente com água para o animal entrar. E durante o inverno, é recomendável remover a sujeira do roedor com a ajuda de um pano úmido.

As unhas desse porquinho-da-índia precisam ser aparadas uma vez por mês, e suas orelhas também precisam ser limpas e checadas para evitar infecções. Da mesma forma, a higiene desse porquinho-da-índia inclui a limpeza de sua gaiola. Diariamente você deve remover os restos de comida, sujeira e excrementos. Além disso, uma vez por semana será ideal fazer uma limpeza geral das instalações, limpando as grades, os brinquedos e o chão.

A alimentação

A nutrição e a alimentação desse mamífero são vitais para o seu bem-estar. Como qualquer outro animal, o porquinho-da-índia precisa de vitaminas para se manter saudável. Portanto, você deve oferecer  frutas e vegetais para que ele obtenha os nutrientes necessários ao seu organismo. No entanto, é importante deixar claro que não pode faltar feno e água na dieta desse animal.

Reprodução do porquinho-da-índia americano

Como já mencionado, esse animal amadurece muito rapidamente. Portanto, se você não deseja que ele tenha filhos constantemente, deve separar espécimes de sexos opostos nas primeiras 12 horas do cio, que ocorre a cada 16 dias nas fêmeas. Da mesma forma, recomenda-se que a reprodução do porquinho-da-índia americano ocorra durante os 8 e 10 meses de vida, época em que está mais preparado para esse processo.

Problemas de saúde

Para que o porquinho-da-índia atinja sua expectativa de vida de 5 a 8 anos, é necessário que ele seja bem alimentado, higienizado e viva em um local adequado. Em geral, os problemas de saúde que esses roedores enfrentam são causados por falta de cuidado dos seus tutores.

Nesse sentido, os problemas de saúde mais frequentes no porquinho-da-índia americano são deficiência de vitamina C, disbiose cecal, complicações respiratórias e parasitas externos. Portanto, se o seu animal de estimação apresenta alguma dessas patologias, é importante que você o leve a um veterinário que conheça animais exóticos para encontrar o tratamento adequado.

Um porquinho-da-índia doente parece apático, com uma pelagem caída e sem energia.

Uma cobaia americana.

Por fim, lembre-se que o porquinho-da-índia americano é um mamífero dócil que precisa de um tratamento delicado e de muitos mimos. Esse antigo animal pode ser uma excelente companhia, desde que você proporcione cuidados adequados para que ele tenha um bom estilo de vida.

Pode interessar a você...
Diferenças entre hamster e porquinho-da-índia
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Diferenças entre hamster e porquinho-da-índia

As diferenças entre hamster e porquinho-da-índia não se resumem ao tamanho. Existem outras características que os diferenciam. Confira!