Quais são as diferenças entre os mochos e as corujas?

Os mochos e as corujas podem ser facilmente diferenciados, apesar de serem aparentados e ocuparem nichos ecológicos que poderiam ser considerados semelhantes.
Quais são as diferenças entre os mochos e as corujas?

Última atualização: 03 Maio, 2021

As diferenças entre os mochos e as corujas são uma das dúvidas mais comuns quando começamos a conhecer aves ao nosso redor. Embora sejam animais muito semelhantes em hábitos e comportamentos, é relativamente fáceis de diferenciá-las a olho nu.

Os mochos e as corujas são aves fáceis de encontrar e que têm uma história muito interessante. Se você quiser saber mais sobre as diferenças entre esses 2 tipos de aves, continue lendo este artigo.

Mochos e corujas: os guardiões da noite

Antes de falar sobre as diferenças entre os mochos e as corujas, é conveniente relembrar suas semelhanças mais marcantes. Devemos saber que, embora sempre tenham sido nomeadas separadamente, os mochos e as corujas pertencem à ordem Stringiformes.

Essa família inclui uma grande variedade de aves distribuídas por todo o mundo. Sua principal característica é o gene predatório: são aves de rapina mortíferas, de hábitos noturnos, com características altamente orientadas a detectar e capturar suas presas.

Outra de suas características comuns é a capacidade de devorar suas presas inteiras. Depois disso, tanto os mochos quanto as corujas regurgitam as partes não digeríveis em excrementos característicos chamados pelotas, que podem ajudar os ornitólogos a saber do que se alimentam.

Um mocho.

Uma grande variedade de aves de rapina noturnas

A variedade dessas aves é incrível, pois existem dezenas de espécies de aves de rapina noturnas. Embora os mochos e as corujas sejam as mais conhecidas, existem muitas outras. Sua especialização no nicho ecológico da predação noturna os tornou muito bem-sucedidos.

Embora existam muitas aves de rapina noturnas, podemos facilmente diferenciá-las em duas grandes famílias: Strignidae (mochos) e Tytonidae (corujas). Ambos compartilham essa característica predatória e uma incrível capacidade de se mover sem fazer o menor ruído, para não serem detectados.

A seguir, vamos explicar as principais características que definem essas 2 famílias e como você pode diferenciá-las ao vê-las em um passeio noturno.

Os mochos: os elegantes senhores da noite

Os mochos são uma família maior e mais variada do que a das corujas, mas com várias características comuns. Todos os mochos têm as seguintes características:

  • São grandes e robustos, ao contrário das corujas, que são menores.
  • Têm penas nas laterais dos olhos, que se erguem acima da cabeça e parecem orelhas – embora não sejam suas orelhas verdadeiras.
  • Normalmente, essas aves são marrons ou acastanhadas, com aspecto manchado.
  • Uma das características mais curiosas dos mochos é seu piar elegante, com cantos variados para atrair as fêmeas.
  • É uma família muito variada. Existem muitas espécies de mochos, que podem viver em uma grande variedade de lugares no planeta.

Corujas: as sombras brancas

As corujas são animais elegantes, sem dúvida. Associadas há muito tempo a poderes mágicos, essas aves ocuparam um lugar importante nas lendas e histórias sobre a floresta.

A cor branca, o pequeno tamanho e a cabeça em forma de coração são as suas características mais marcantes. Embora parecidas com os mochos, as corujas pertencentes à família Tytonidae têm algumas características que as diferenciam dos primeiros. Estas são os mais importantes:

  • São menores em tamanho, embora haja exceções.
  • A presença de penas em suas garras para ajudar a manter o calor é outra das característica das corujas.
  • O voo das corujas alterna um ritmo acelerado com outro mais pausado. No entanto, os mochos sempre apresentam batidas de asas muito lentas e incrivelmente silenciosas.
  • Seu guincho característico, diferente do piar dos mochos, é outra característica que os diferenciam.
Uma coruja.

Mochos e corujas: parentes, mas diferentes

Como vimos, existem várias características que aproximam mochos e corujas. Também vimos os aspectos que os diferenciam fisicamente. Mas, como é o modo de vida das aves de rapina noturnas?

Essa é outra das coisas que diferenciam mochos e corujas. Os mochos tendem a preferir áreas de floresta fechada, melhor se estiver perto de água, como rios ou riachos. Porém, as corujas precisam de espaços abertos para caçar: pastagens, pântanos e outros ecossistemas mais livres de vegetação densa.

Assim, podemos perceber que, por mais que se pareçam, os mochos e as corujas possuem características que nos permitirão diferenciá-los facilmente em um próximo passeio no campo.

Pode interessar a você...
A coruja-das-neves, um animal majestoso
Meus Animais
Leia em Meus Animais
A coruja-das-neves, um animal majestoso

Existem animais que, com sua beleza, surpreendem e nos fazem demonstrar admiração. A coruja-das-neves é um deles. Hoje falaremos deste animal majes...