7 diferenças entre abelhas e vespas

· fevereiro 11, 2019

As abelhas e vespas não diferem umas das outras apenas em termos físicos, elas também têm um comportamento muito diferente, especialmente em relação à alimentação.

Elas são parentes diretos e muitas vezes as confundimos devido à sua semelhança. No entanto, acredite ou não, há mais diferenças entre abelhas e vespas do que sabemos. Falaremos sobre a seguir.

Quais são as diferenças entre abelhas e vespas?

Nós as vemos e ouvimos quando voam, nós as vemos pousadas nas flores e identificamos suas cores: amarelo e preto. Mas nem sempre sabemos qual é qual. As diferenças entre abelhas e vespas são muito específicas:

1. Diferenças de cor

À primeira vista, ambos os insetos são amarelos e pretos. No entanto, há algumas diferenciações. Para começar, as vespas são castanho-escuras ou pretas com linhas amarelas muito brilhantes.

Algumas espécies, no entanto, como as asiáticas, são completamente negras.

diferenças entre abelhas e vespas

As abelhas, por outro lado, têm um corpo marrom e suas listras amarelas são mais definidas. No entanto, menos brilhantes ou marcantes.

2. Diferenças físicas

As vespas têm uma área mais estreita entre o tórax e o abdômen. Isso não acontece nas abelhas, que também têm pelos em quase todo o corpo. As vespas, por outro lado, não são peludas.

3. Diferenças na picada

Sem dúvida, esta é uma das principais diferenças entre vespas e abelhas. A última só pode picar uma vez e seu ferrão tem uma espécie de ‘espinho’ que se agarra à vítima. Quando o prega e tenta se livrar dele, o abdômen do inseto se rompe e ele morre no ato.

A vespa, por outro lado, tem uma picada suave (faz parte do sistema reprodutivo apenas das fêmeas), com a qual pode picar várias vezes sem colocar sua vida em risco. É por isso que se diz que as vespas são mais perigosas que as abelhas.

4. Diferenças Alimentares

As abelhas consomem o néctar das flores, exceto a rainha, que se alimenta da “geleia real”. As operárias são responsáveis ​​por encontrar a comida e levá-la para a colmeia.

Vespas têm mandíbulas poderosas que as permitem devorar sua presa: é um inseto onívoro que pode consumir folhas, carniça e até larvas de abelhas, que atacam e roubam, entrando em sua colmeia.

Abelha pousada sobre uma flor

5. Diferenças de papel

Esta é outra das diferenças entre vespas e abelhas mais importantes. A primeira pode ser um agente muito importante para evitar as pragas de certos pequenos insetos, como os pulgões. Isto porque se alimentam das larvas.

Isso não significa que o papel das abelhas não seja importante. Pelo contrário! Elas são os polinizadores por excelência em todo o planeta.

Graças ao transporte de pólen, muitas plantas se reproduzem. Dessa forma, sem abelhas, não haveria vida.

6. As diferenças sociais

Quando nos falam sobre as abelhas, nós as associamos automaticamente a uma colmeia e, claro, ao mel.

Este inseto é quase sempre social ou semi-social, então sua vida se desenvolve em grupo. Dentro de uma colônia, encontramos a abelha-rainha (a única fêmea fértil), os zangões (machos encarregados de se reproduzir com a rainha) e as operárias (fêmeas estéreis que cuidam de todo o trabalho).

Quanto às vespas, embora existam várias espécies que formam enxames, a verdade é que é um animal bastante solitário e competitivo com o resto de seus congêneres. Isto porque tem que encontrar comida para sobreviver e não pode ‘compartilhar’ com sua família.

É provável que usem um favo de mel abandonado para descansar, mas não terão tanto trabalho em equipe quanto suas primas. E outra coisa: vespas hibernam, as abelhas não.

7. Diferenças reprodutivas

A última das diferenças entre vespas e abelhas tem a ver com a reprodução. No caso das abelhas, elas têm apenas uma fêmea que se reproduz: a rainha.

As vespas só agem dessa forma se vivem em sociedade. No entanto, quando estão sozinhas, todas podem conceber.