Características do mangabey vermelho

junho 7, 2020
O mangabey vermelho é um daqueles primatas que não deixa ninguém indiferente. Seu olhar inteligente e seu inconfundível chapéu vermelho fazem com que ele se destaque entre seus semelhantes.

As esperanças de retirar o mangabey vermelho da lista de animais ameaçados estão diminuindo ao longo dos anos. Seu habitat natural se reduz a uma pequena extensão em áreas da Nigéria, de Camarões e do Gabão, mais próximas da costa do Oceano Atlântico.

Como regra geral, áreas de selva e manguezais são os habitats ideais para esse primata, com árvores abundantes para acomodar e proteger os muitos membros que geralmente formam cada grupo, chegando até a 70 exemplares.

Pelagem inconfundível

A família de primatas da classe dos mammalia é enorme, mas poucos são tão fáceis de reconhecer quanto o mangabey vermelho devido à inconfundível tonalidade vermelha que recobre o topo da sua cabeça.

As cores que predominam mais em seu pelo são o cinza e o branco, com uma grande superfície na parte dorsal cinza e uma parte ventral branca que faz o rosto preto com bochechas brancas se destacar.

Pelagem inconfundível

Seu porte atlético e magro o torna extremamente rápido nas copas das árvores, e a sua enorme cauda o ajuda a equilibrar seu peso corporal, que varia entre 5 a 13 kg. Ao contrário do que acontece com a maioria dos primatas, machos e fêmeas têm peso e tamanho muito semelhantes.

Seu tamanho médio, entre 50 a 75 centímetros, proporciona uma agilidade notável para ele se mover entre os galhos mais finos, e as suas longas extremidades o ajudam nessa tarefa. Essa não é uma espécie fácil de ser capturada por predadores!

Alimentação e comportamento do mangabey vermelho

Sendo um animal onívoro, é um verdadeiro oportunista. Nesse sentido, poucas iguarias da selva são rejeitadas por um mangabey vermelho. As frutas e os caules compõem a maior parte da sua dieta, mas eles também amam sementes, ovos de pássaros e até pequenos invertebrados como lesmas.

Alimentação e comportamento do mangabey vermelho

Sua mandíbula poderosa permite que ele obtenha os frutos de casca dura mais difíceis, algo que outros competidores não conseguem fazer e que garante uma quantidade de comida que praticamente apenas eles conseguem consumir.

Nos seus numerosos grupos, quem governa são as fêmeas. São elas as responsáveis ​​por estabelecer as hierarquias entre elas e os filhotes, com importantes confrontos para que cada uma ocupe seu lugar.

Os machos são mais dinâmicos e cobrem mais áreas em suas escapadas pelos arredores do núcleo familiar. Entretanto, alguns exemplares masculinos defendem o grupo de maneira mais estática. Eles geralmente marcam o território com gritos poderosos, para que nenhum outro grupo ouse entrar no seu espaço.

Suas habilidades vocais são muito ricas e variadas, um sinal da sua poderosa inteligência. Eles são capazes de se comunicar mesmo que estejam a centenas de metros de distância, mas às vezes os confrontos entre grupos diferentes são inevitáveis.

Programa atual para evitar a sua extinção

A perda de espaço devido ao desmatamento é a principal razão para a redução da sua população, embora também tenha o problema de aparecer no cardápio dos habitantes humanos da área, com uma caça descontrolada que diminui ainda mais a sua população.

Programa atual para evitar a sua extinção

A baixa taxa de natalidade também não ajuda a melhorar a situação, pois eles só têm um bebê de cada vez e a gestação dura cerca de 170 dias. O filhote de mangabey vermelho nasce sem pelos e é difícil diferenciá-lo de outros mangabeys até que fique mais velho e seu inconfundível chapéu vermelho comece a florescer.

A idade média desses macacos brincalhões é de 25 a 30 anos, na média do resto dos mangabeys, embora em cativeiro possam facilmente superar essa faixa. Atualmente, o zoológico de Barcelona é um dos principais aliados dessa espécie e é responsável por coordenar a sua situação para evitar a sua extinção.

Evitar a caça furtiva desses tipos de primatas e reduzir a derrubada de árvores em seu habitat seria a salvação de uma das espécies de mangabey mais ameaçadas atualmente, embora a situação atual não seja encorajadora para eles.