Como espantar os pássaros?

Pode ser que você queira proteger suas plantações ou outros animais dos pássaros selvagens. De qualquer forma, aqui estão as melhores técnicas para espantar os pássaros sem que ninguém se machuque.
Como espantar os pássaros?

Última atualização: 06 Maio, 2021

Embora sua presença seja sempre uma alegria para os olhos e ouvidos, os pássaros podem representar um perigo para alguém – ou para eles mesmos – quando se trata de espaços habitados por humanos. Você quer saber como espantar os pássaros sem alterar o ecossistema?

Por exemplo, você pode precisar proteger seus animais das aves de rapina ou pode ter plantas tóxicas para os pássaros em geral. Para esses e muitos outros casos, as técnicas que vamos apresentar a seguir são eficazes – e geralmente de baixo custo. Não perca!

Como espantar pássaros de espaços abertos

Locais como plantações, jardins ou espaços abertos onde animais que são presas podem ser caçados por predadores – como as aves de rapina – exigem barreiras ou métodos dissuasivos. Estes são alguns dos mais eficazes:

  • Espantalhos tradicionais: são eficazes, mas é necessário alterar alguns dos seus elementos de vez em quando para que não percam a sua funcionalidade. Você pode mudar suas roupas, movê-los ou adicionar acessórios, como ferramentas.
  • Repelente olfativo para pássaros: normalmente esse tipo de produto é comercializado na forma de saquinhos ou discos de gel. Também podem ser usados para janelas e telhados. No entanto, certifique-se de comprar um modelo que não contenha substâncias tóxicas para os pássaros.
  • Barreiras físicas: as redes são muito eficazes para proteger áreas delimitadas, como hortas. No entanto, devem ser feitas de materiais adequados, que não permita que nenhuma ave fique presa. Acima de tudo, é necessário ter o cuidado de não deixar aberturas, para evitar que as aves fiquem presas.
  • Colocar galhos sobre o plantio: quando aparecem os primeiros brotos das plantações, alguns pássaros aparecem para comê-los. Você pode colocar galhos sobre elas, o que força os pássaros a pousar neles, ao mesmo tempo que os impede de alcançar os brotos.

Em alguns lugares, há a alternativa de liberar predadores naturais para controlar certas espécies, como pombos e falcões. No entanto, isso requer um monitoramento constante para manter o equilíbrio do ecossistema, razão pela qual é um método bastante controverso.

 

Espantar os pássaros não precisa ser difícil.

Mantenha os pássaros longe de janelas, parapeitos e telhados

As telas ainda são uma boa solução para jardins de inverno ou buracos em prédios onde não se quer que pombos e outros pássaros façam ninhos ou se empoleirem. Contudo, lembre-se de que você deve ter um cuidado especial para não deixar nenhum animal preso ou confinado nesse espaço.

No caso de telhados e janelas, as estratégias mais utilizadas costumam ser colocar figuras de predadores, como espantalhos em forma de corujas. Essas opções que simulam pássaros predadores impedem a aproximação de outras espécies, como pombos, pardais ou papagaios.

Muitas vezes, colocar essas figuras também impede que muitos pássaros façam ninhos na sua janela. Embora seja lindo de se ver, não é um lugar seguro para eles: o ninho pode cair e a presença de humanos é fonte de estresse para pais e filhos.

Outros dispositivos eficazes são os emissores de ultrassom. Eles criam frequências inaudíveis para os humanos que mantêm os pássaros longe de edifícios e outros espaços. No entanto, outras espécies, como cães ou ratos, podem ser afetados pelo ultrassom – talvez você possa mantê-los afastados da fonte do som.

Por esse motivo, muitas pessoas optam por repelentes auditivos que, em vez de emitir frequências, reproduzem sons de predadores. Esses sons, para evitar a habituação, podem ser alternados com gritos de estresse ou perigo das espécies de pássaros que costumam vagar pelo espaço.

No entanto, tenha cuidado com o método de pendurar um disco refletor em janelas e terraços. Embora barato e eficaz, foi recentemente descoberto que os reflexos podem cegar os pássaros em pleno voo, causando acidentes.

 

Alguns pássaros se banham em uma fonte.

Espantar os pássaros não tem que acabar mal

Embora não seja óbvio, em ambientes urbanos também existe um equilíbrio entre as espécies que deve ser mantido para evitar desequilíbrios, como o surgimento de pragas ou a transmissão de doenças. Além disso, quando se trata de proteger outros animais – como no caso de um santuário – as barreiras físicas são sempre melhores.

A discussão ética sobre espantar pássaros está em voga há alguns anos. As técnicas que os mantêm afastados em vez de matá-los têm se mostrado tão eficazes e menos perigosas para todos, humanos e não humanos. No final, o mais importante é viver em paz com as espécies que nos cercam e encontrar o equilíbrio.

Pode interessar a você...
Poluição sonora: o inimigo dos pássaros
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Poluição sonora: o inimigo dos pássaros

Para os pássaros que vivem na cidade, a poluição sonora pode causar mais do que a perda auditiva, poderia encurtar suas vidas. Confira!



  • “A Comparison of Some Broadcasting Equipments and Recorded Distress Calls for Scaring Birds” – J.-C. Bremond, Ph. Gramet y otros – The Journal of Applied Ecology, Vol. 5, No. 3 (Dec., 1968), pp. 521-529
  • The Open Sanctuary Project, Inc. (2020, 20 octubre). Building A Good Home For Chickens. The Open Sanctuary Project. https://opensanctuary.org/article/building-a-good-home-for-chickens/