O guará-vermelho e as suas características

dezembro 17, 2019
O guará-vermelho é um pássaro com uma plumagem vermelha escarlate colorida. É muito parecido com as garças e vive na América do Sul. Trata-se do pássaro nacional da ilha de Trinidad e Tobago.

O guará-vermelho, também conhecido como íbis-escarlate, guará-rubro e guará-pitanga, é uma espécie de ave da ordem Pelecaniforme da família Threskiornithidae. Seu nome científico é Eudocimus ruber.

O grupo íbis se distingue das garças-reais pelo bico longo, fino e curvo. Diferentemente das garças-reais e de forma semelhante às cegonhas, eles voam com o pescoço estendido.

São sociáveis, nidificam em colônias e vivem em áreas ribeirinhas e pântanos arborizados, bem como na savana. Eles são nativos da América do Sul.

Características do guará-vermelho

Sua característica distintiva é a cor vermelha carmesim que cobre toda a sua plumagem. No início de suas vidas, eles são esbranquiçados e, à medida que envelhecem, a sua cor vermelha se intensifica. Esse fato ocorre igualmente em ambos os sexos.

Além disso, as suas patas também são vermelho-claro. Assim como no caso dos flamingos, a sua cor avermelhada é causada pelo consumo de crustáceos.

Medem de 55 a 63 centímetros de comprimento e têm um peso corporal entre 775 e 925 gramas. Outra de suas características são as patas palmadas, a cauda curta e gordinha e uma coloração preta nas pontas das asas.

Características do guará-vermelho

Os filhotes desta espécie são semelhantes aos íbis brancos. Ou seja, eles têm uma cabeça e pescoço castanho-claro, asas e cauda marrom-escuro, barriga branca e cauda rosa.

Comportamento e reprodução

O guará-vermelho é um pássaro conhecido por ser muito sociável com outros membros da mesma espécie. Eles geralmente se reúnem em grandes grupos no momento da reprodução. Além disso, ao migrar, eles costumam voar em grupos de mais de 30 espécimes.

Diariamente, eles percorrem longas distâncias entre as áreas de nidificação e os locais onde as fontes de alimentação estão localizadas.

O guará-vermelho aproveita seu bico longo para encontrar a sua presa entre a lama e as águas paradas. Suas comidas favoritas são insetos marinhos e mariscos. Ele também pode se alimentar de frutas, peixes, anfíbios e répteis.  

Comportamento e reprodução do guará-vermelho

As áreas de nidificação mais comuns do guará-vermelho estão em manguezais ou árvores em regiões úmidas. Essas áreas são compartilhadas com outras espécies de íbis e garças. O período reprodutivo está associado à estação das chuvas, portanto, a duração é variável.

Algo curioso no guará-vermelho é que, na hora de construir os ninhos, chocar os ovos e cuidar dos filhotes, os pais cooperam durante todo o processo. A incubação dura aproximadamente de 19 a 23 dias. Eles geralmente colocam entre três a cinco ovos, que são verdes com listras marrons.

Distribuição e habitat do guará-vermelho

Esse pássaro está distribuído em regiões tropicais. Desde o norte da Venezuela e planícies orientais da Colômbia até o sul do Brasil e as Guianas. Também é encontrado em Trinidad e Tobago, onde é o pássaro nacional e uma das principais figuras do seu brasão.

Costuma viver perto de grandes extensões de água, estuários, manguezais, pântanos lamacentos criados pela maré, planícies e áreas inundadas.

  1. Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, B.L. Sullivan, and C. L. Wood. (2010). The Clements checklist of birds of the world: Version 6.5. Cornell University Press.
  2. Phelps, Jr. W. y R. Meyer de Schausensee (1979). Una guía de las aves de Venezuela. Estados Unidos: Princeton University Press.