Mobelha-grande: características, habitat e reprodução

Embora as aves prefiram o ar, existem algumas como a mobelha-grande, que se destacam por seu talento na pesca, no mergulho e em outras qualidades únicas.
Mobelha-grande: características, habitat e reprodução

Última atualização: 04 Maio, 2021

A mobelha-grande (Gavia immer) é uma espécie de ave da família Gaviidae, típica da América do Norte e da Europa. É uma ave migratória que tem como seu local de reprodução os lagos da América do Norte, da Groenlândia, da Islândia e da Grã-Bretanha. Além disso, no inverno, ela migra para as costas do Atlântico Norte e Nordeste do Pacífico.

Essa ave pode medir entre 61 e 100 centímetros de comprimento e sua envergadura é de 122 a 152 centímetros, enquanto seu peso varia entre 1,6 e 8 quilos. Por outro lado, a mobelha média pode medir 81 centímetros de comprimento e sua envergadura é de 136 centímetros. Em relação ao peso, não ultrapassa 4,1 quilos.

Características físicas

A plumagem da mobelha-grande se caracteriza por apresentar uma tonalidade preta na cabeça e no pescoço, exceto por uma faixa em forma de coleira no meio do pescoço na época de reprodução. Da mesma forma, as partes superiores também são pretas, com um leve matiz branco.

Seus olhos se distinguem por serem completamente redondos e de uma tonalidade vermelha profunda.

Quando não está na época de reprodução, sua cor é marrom-escura nas partes superiores e branca nas partes inferiores, que inclui a garganta e a parte frontal do pescoço. Por outro lado, seu bico é reto e de cor azul-escura, o que possibilita diferenciá-lo da mobelha-de-bico-amarelo, cujo bico é ligeiramente inclinado para cima e de cor amarelada.

 

Uma mobelha-grande

Comportamento da mobelha-grande

A mobelha é uma ave que captura suas presas mergulhando, pois consegue atingir profundidades de 60 metros, onde pode permanecer submersa durante 3 minutos sem respirar. Entre as suas presas de água doce preferidas podemos citar lúcios, percas e trutas, entre outras. Da mesma forma, suas presas de água salgada podem ser cantarilhos e sardinhas.

Curiosamente, foi observado que, quando essas aves aterrissam na água, elas usam a barriga. Dessa forma, vão perdendo velocidade ao deslizar na água.

Outra das características mais especiais desse animal é que ele precisa correr longas distâncias para ganhar impulso e decolar. Essa particularidade se deve ao fato de suas patas ficarem muito atrás do corpo, o que torna o pouso bastante difícil. Esses tipos de patas são ideais para o mergulho, mas não para caminhadas.

Habitat e alimentação

Como mencionado acima, o local de reprodução da mobelha-grande é a parte superior do globo, em países da América do Norte, na Groenlândia, na Islândia e na Grã-Bretanha. No inverno, essas aves migram para o sul e para as águas costeiras da América do Norte e da Europa, bem como para as costas do noroeste da África.

Por outro lado, a presença da mobelha-grande é um indicador da qualidade da água, já que essa ave costuma preferir áreas limpas e cristalinas. Quanto à alimentação, pode-se dizer que é uma excelente pescadora. A maior parte de sua dieta consiste em peixes, como as percas e os peixes-lua de água doce nos lagos do norte.

Porém, quando os peixes são escassos, essas aves se alimentam de crustáceos, caramujos, sanguessugas e até larvas de insetos aquáticos. Durante o inverno, observou-se que essa espécie se alimenta de pequenos peixes, como a corvina, e às vezes se reúnem em grupos para perseguir cardumes de peixes-rei.

Reprodução da mobelha-grande

Em geral, essa espécie nidifica nas ilhas dos lagos, para proteger sua prole de predadores terrestres. Porém, esse mecanismo não funciona em todos os casos, devido aos predadores que conseguem acessar essas áreas, como gaivotas, corvídeos e gambás, entre outros.

Por outro lado, embora os adultos não sejam vítimas da predação de muitas espécies, são presas fáceis para as lontras-marinhas no inverno e também morrem por ataques de águias-carecas.

Por causa disso, a mobelha-grande opta por defender seu ninho atacando intrusos. Ele faz isso bicando o abdômen, as costas, a cabeça ou o pescoço do atacante. Essa ave tem uma nova ninhada uma vez por ano entre abril e junho, quando a fêmea bota de 1 a 3 ovos perto da água, em um montículo protegido por ambos os pais.

 

Como você viu, a mobelha-grande é uma ave mestre na arte do mergulho e da pesca. No entanto, é uma espécie ameaçada pelo homem e muitos exemplares desapareceram devido à chuva ácida e à poluição. Por esse motivo, várias estratégias foram implementadas para ajudar a conservar essa espécie tão singular.

Pode interessar a você...
Quais são os diferentes tipos de bico das aves?
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Quais são os diferentes tipos de bico das aves?

Os diferentes tipos de bico das aves são uma das principais diferenças entre as espécies. Eles mudam de acordo com a alimentação do animal.