Os 8 mamíferos mais rápidos do mundo

A África é um enorme território caracterizado por suas áreas desérticas e sua fauna exuberante, que reúne alguns dos mamíferos mais rápidos do mundo.
Os 8 mamíferos mais rápidos do mundo

Última atualização: 19 Abril, 2021

A Terra está cheia de espécies incríveis que podem competir em velocidade com veículos feitos pelo homem e atingir velocidades impensáveis em apenas alguns segundos. A evolução permitiu que algumas espécies desenvolvessem essa habilidade mais do que outras, dependendo das pressões ambientais impostas pela seleção natural.

Como você verá nas linhas a seguir, a velocidade é uma competição entre a presa e o predador para sobreviver mais um dia. A seguir, apresentamos os 8 mamíferos mais rápidos do mundo.

1. Guepardo

O guepardo (Acinonyx jubatus) é o felino mais rápido da Terra. Ele pode atingir velocidades de 115 quilômetros por hora em uma distância de 500 metros. Após ter percorrido essa distância, sua velocidade se reduz para 98 até 108 quilômetros por hora.

Os guepardos podem medir até 2 metros, incluindo a cauda, e curiosamente não são capazes de rugir: pelo contrário, emitem um grunhido para se comunicar.

É importante não confundir essa espécie com o leopardo, pois o guepardo é mais leve – 60 quilos em geral – e tem linhas características que vão dos olhos ao canto da boca. O leopardo, por sua vez, pode atingir a velocidade de 60 quilômetros por hora e pesar até 90 quilos.

O grande felino é uma espécie-chave.

2. Antílope-americano

Também conhecido como antilocapra (Antilocapra americana), esse ruminante é o único membro da família Antilocapridae que ainda existe. O comprimento do seu corpo é de 1,30 a 1,50 metros e ele pesa entre 35 e 60 quilos. Pode atingir cerca de 95 quilômetros por hora e saltar entre 3 e 6 metros acima do nível do solo.

O antílope é um dos mamíferos mais rápidos do mundo.

3. O gnu-de-cauda-preta

A górgona ou gnu comum (Connochaetes taurinus) é outro dos mamíferos endêmicos da África oriental e meridional que se caracteriza por sua grande velocidade. Essa espécie atinge o tamanho de 1,85 e 2,15 metros, além de um peso que ultrapassa 180 quilos.

Essas são as particularidades mais estranhas desse animal, pois com essa composição consegue atingir uma velocidade de 80 quilômetros por hora. Sua rapidez o ajuda em seus processos migratórios, quando várias dezenas desses indivíduos percorrem as savanas africanas em busca de terrenos mais ricos em alimentos.

4. Cabra-de-leque

A cabra-de-leque (Antidorcas marsupialis) habita países como Angola, Botswana, Namíbia e África do Sul. É um antílope magro que não pesa mais que 48 quilos. Sua marca distintiva é uma coloração de padrões brancos, avermelhados/castanhos e castanhos-escuros. Curiosamente, é um animal que não depende necessariamente da água para sobreviver.

Em casos extremos, esse antílope obtém o precioso líquido de flores, arbustos e sementes que consome durante a noite, período em que a umidade permeia essas plantas. É o prato preferido dos guepardos, pelos quais estão constantemente sendo perseguidas, uma situação em que a cabra-de-leque pode atingir a velocidade de 88 quilômetros por hora.

Uma gazela saltitante praticando pronking.

5. Leão

O leão ou rei da selva (Panthera leo) é outro dos mamíferos mais rápidos do mundo. Ele pode atingir uma velocidade de 59 a 80 quilômetros por hora. Os espécimes adultos geralmente caçam em grupos e, apesar de sua enorme força, só podem dar acelerações curtas, então eles se aproximam sorrateiramente de suas presas para depois atacar.

É um animal muito comum na cultura e na história do ser humano. Seu habitat natural compreende grande parte do território africano e da Ásia Ocidental. Atualmente, é uma espécie vulnerável, de acordo com a União Internacional para Conservação da Natureza (UICN).

O leão é um dos mamíferos mais rápidos do mundo.

6. Lebre-comum

A lebre-comum ou lebre-europeia (Lepus europaeus) pertence à família Leporidae e se caracteriza por sua grande agilidade para escapar de predadores. Está espalhada por toda a Europa – com exceção da península escandinava – e, ao contrário dos coelhos, se esconde em tocas rasas.

A lebre europeia é um dos mamíferos mais rápidos do mundo.

7. Galgo inglês

O galgo inglês (Greyhound em inglês) é o canino mais rápido do planeta. É um cão de companhia utilizado em competições, nas quais pode ultrapassar a velocidade de 75 quilômetros por hora e saltar até 9 metros. São animais muito populares e, infelizmente, também são comuns em corridas de apostas.

Os galgos costumam medir entre 71 a 76 centímetros de altura e pesam entre 27 e 40 quilos, sendo as fêmeas ligeiramente mais magras. Essa raça está exposta aos maus-tratos animais sofridos nos treinamentos em que os cães são forçados a superar recordes ou vencer competições. São cães propensos a apresentar problemas cardíacos.

Um galgo olha para a câmera.

8. Canguru-vermelho

O canguru-vermelho (Macropus rufus) é o maior marsupial e um dos mamíferos mais rápidos do mundo. Pode atingir 1,6 metros de comprimento sem contar a cauda, que pode medir facilmente mais de 1 metro. Quanto à velocidade, consegue atingir 50 quilômetros por hora em saltos de 3 metros de altura e 10 metros de extensão.

Um canguru vermelho correndo.

A velocidade que os mamíferos mais rápidos do mundo podem alcançar coloca alguns desses animais no topo da cadeia alimentar, ou seja, poucas presas conseguem escapar de sua corrida predatória.

No entanto, algumas dessas espécies animais são muito exóticas e o homem é a sua maior ameaça, da qual nem sempre conseguem fugir. Muitos dos animais dessa lista estão em declínio devido à caça ilegal e ao aquecimento global.

Pode interessar a você...
Quais são os animais mais lentos do mundo?
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Quais são os animais mais lentos do mundo?

Os animais mais lentos do mundo têm um metabolismo e um estilo de vida adaptado a sua lentidão característica. Conheça os mais famosos.



  • Gavin, S. D., & Komers, P. E. (2006). Do pronghorn (Antilocapra americana) perceive roads as a predation risk?. Canadian journal of Zoology, 84(12), 1775-1780.
  • Hayward, M. W., Henschel, P., O’brien, J., Hofmeyr, M., Balme, G., & Kerley, G. I. H. (2006). Prey preferences of the leopard (Panthera pardus). Journal of Zoology, 270(2), 298-313.