Os 4 animais aquáticos domésticos mais populares

abril 8, 2019
Você está pensando em ter um animal aquático como animal de estimação? Descubra quais são as opções mais populares e os cuidados que cada um necessita.

Os animais aquáticos domésticos podem ser uma excelente primeira opção para tutores de primeira viagem. Embora precisem de cuidados específicos, tendem a ser mais independentes e requerem menos tempo do que outros animais, como cães e gatos, por exemplo.

É evidente que o grau de interação e o modo de mostrar afeto desses animais de estimação não serão iguais aos de um cachorro, por exemplo.

Nós não podemos esperar que um peixe ou tartaruga venha nos encontrar na porta ou queiram brincar com a gente.

No entanto, devemos saber que os animais aquáticos domésticos também podem fazer companhia e interagir com seus donos.

Por outro lado, esses animais geralmente têm um impacto muito positivo na educação e desenvolvimento das crianças.

A responsabilidade de criar um animal de estimação e entender sua natureza ajuda a despertar as habilidades cognitivas, sociais e emocionais dos pequenos.

Juntamente com esses benefícios, o hábito de assumir a tarefa de cuidar do bem-estar de outro indivíduo é um passo muito importante para a maturidade de nossos filhos.

Lembre-se sempre da necessidade de conhecer melhor cada espécie antes de adotá-la como animal de estimação.

Dessa forma, podemos escolher o animal ideal para o nosso estilo de vida e saber que cuidado você precisa para oferecer-lhe uma ótima qualidade de vida.

Você também pode se interessar: Como é a alimentação das tartarugas africanas?

Os 4 animais aquáticos domésticos mais populares

  1. Peixes

Logicamente, os peixes são os animais aquáticos domésticos mais reconhecidos e populares no mundo.

Os aquários recuperaram popularidade por causa de sua beleza notável e por causa do impacto positivo sobre a casa e a saúde de seus habitantes. Em seguida, destacamos as três espécies favoritas de peixes em aquários:

  • Molinésia Velifera (Poecilia velífera)
Peixe dourado

Os peixes Molinésia são encontrados na grande maioria dos aquários por causa de sua variedade de cores e tamanho pequeno.

Estes peixes, da família dos Pecílidos e originários do México, são ovovíparos. Ou seja, os ovos fertilizados eclodem dentro do corpo das fêmeas e depois dão a luz aos filhotes na forma de Alevinos.

  • Bettas

Devido à sua notável beleza e cor, estes peixes, pertencentes à família dos Laberíntidos, são os preferidos de muitos amadores.

Além disso, seu pequeno tamanho os torna ideais para pequenos tanques de peixes (entre 30 e 40 litros, aproximadamente).

Novamente, devemos lembrar que você não deve juntar dois machos Beta no mesmo aquário, porque eles são muito agressivos.

Para pequenos tanques de peixes, a população ideal seria um macho e três ou quatro fêmeas. No entanto, muitos criadores profissionais optam por ter aquários individuais para cada peixe.

  • Tetra-néon

Peixe tetra-néon

Esta curiosa espécie nativa dos mares da América do Sul pertence à mesma família das famosas piranhas.

Seu corpo é muito pequeno (cerca de quatro centímetros de comprimento) e possui uma grande variedade de cores muito vivas.

O peixe néon é uma boa opção para aquários de médio ou grande porte, onde podem viver cerca de 12 exemplares.

Eles também podem compartilhar território com outros peixes pequenos, devido a sua boa capacidade de interação social.

Você também pode se interessar: 8 dicas para cuidar de um animal de estimação com segurança

2. Caracóis

Os caracóis também capturam a atenção das crianças devido à sua aparência peculiar. Embora os caracóis aquáticos não ofereçam um alto grau de interação, eles são excelentes aliados do saneamento em aquários. Mas como são nativos das águas salgadas, só podemos combiná-los com outras espécies marinhas.

3. Tartarugas

As tartarugas também podem ser excelentes animais de estimação para as crianças, uma vez que têm uma grande expectativa de vida.

Entre as tartarugas aquáticas e semi-aquáticas que podem ser adotadas como animal de companhia, destacamos a tartaruga de orelhas vermelhas.

Esta espécie é capaz de interagir melhor com as pessoas, uma vez que também mantém hábitos terrestres.

No entanto, para adotar uma tartaruga como animal de estimação, será necessário oferecer-lhe um ambiente úmido e seco.

No mesmo terrário é possível construir duas áreas, uma com lago artificial e outra mais quente, com boa incidência de luz.

Da mesma forma, também é recomendável deixar a tartaruga andar livremente e explorar seus arredores.

4. Rãs aquáticas

A aparência de rãs e sapos gera muita curiosidade nos pequenos. Portanto, muitas crianças estão interessadas em ter um desses anfíbios como animal de estimação.

Embora a maioria das rãs e sapos sejam terrestres, existem algumas espécies aquáticas que podem ser criadas em cativeiro.

Alguma te chamou a atenção? Escolha o que mais gosta e aproveite em casa!