A reprodução do morcego yoda

outubro 23, 2019
O morcego yoda é um mamífero voador que deve seu nome ao mestre Yoda da saga Star Wars.

Descoberto em 2009, o morcego yoda ganhou esse nome devido à sua semelhança com um dos principais protagonistas da saga Star WarsNeste artigo, falaremos sobre esse curioso mamífero voador.

Características do morcego yoda

O nome científico do morcego yoda é Nyctimene papuanus. Trata-se de uma espécie endêmica da Papua-Nova Guiné, ao norte da Austrália.

Não se sabe desde quando a espécie habita essa região, visto que ela foi descoberta durante uma expedição em 2009 realizada pela Conservação Internacional dos Estados Unidos.

Um dos dados de maior destaque dessa espécie é o nome escolhido por sua suposta semelhança com o mestre Yoda, da saga Star WarsO morcego não é verde como o personagem, mas compartilha outras características, como orelhas pontudas e olhos triangulares.

Além disso, devido à sua mandíbula larga e redonda, parece que ‘está sempre sorrindo’.

Os cientistas ficaram impressionados com o fato de que este mamífero voador usa seus grandes olhos para se orientar, se locomover e obter comida. Os outros morcegos fazem isso através da ecolocalização e dos sons que percebem mesmo no escuro.

Características do morcego yoda

Embora não seja muito bonito e a sua aparência seja até intimidadora, a verdade é que não devemos nos preocupar se estivermos de férias na Nova Guiné e observarmos um desses morcegos voando por perto.

Ele se alimenta exclusivamente de frutas – ou seja, é um animal frutífero – e não há registros de pessoas que tenham sido atacadas por um espécime desse morcego.

Com apenas 40 centímetros de tamanho, mas um metro e meio de envergadura, este mamífero voador pesa não mais que um quilo e é muito importante para o ecossistema em que vive.

Quando ele se alimenta, espalha as sementes dos frutos, o que permite que novas plantas e árvores tropicais cresçam nas proximidades.

Como é a reprodução do morcego yoda?

Nesse aspecto, o morcego yoda não difere muito das outras espécies de quirópteros que habitam o planeta. Eles vivem em grandes colônias, onde fêmeas e machos ficam separados.

No momento do acasalamento – o que acontece quando as temperaturas estão mais quentes – ambos os sexos se juntam e formam pares. Posteriormente, as fêmeas grávidas formam uma colônia separada dentro da caverna.

Morcegos pendurados em caverna

Depois que os filhotes nascem (cada fêmea dá à luz a um único bebê), eles se alimentam de leite materno e vivem agarrados às mães por várias semanas, até que as suas próprias asas se desenvolvam e eles possam voar sozinhos.

Mais fatos sobre a família Nyctimene

Além do morcego yoda, existem outras espécies do gênero Nyctimene distribuídas na Papua-Nova Guiné, Indonésia, Filipinas e Austrália. Eles se alimentam de frutas tropicais.

Em alguns casos, eles se encontram ameaçados ou em perigo de extinção devido à caça e à perda do seu habitat natural: áreas tropicais ou subtropicais e florestas áridas. Também é importante notar que a sua taxa de natalidade é muito baixa e que a maioria dos filhotes não sobrevive ao primeiro ano.

Além da sua localização, eles possuem outras características semelhantes, principalmente físicas: olhos triangulares e grandes, orelhas pontudas, tamanho pequeno e nariz pronunciado, o que lhes rendeu a designação de ‘nariz tubular’.

O morcego yoda atrai muita atenção por sua aparência e por seus hábitos. Toda a sua família é muito particular!

Cooper, K. L., & Tabin, C. J. (2008). Understanding of bat wing evolution takes flight. Genes and Development. https://doi.org/10.1101/gad.1639108